Olá Amigos da raposinha, vem participar do nosso sorteio. 
Corre no Instagram @literaria.raposinha 
Também tem resenha do livro no blog é só clicar: 

sábado, 8 de julho de 2017

Resenha: Tal mãe, tal filha - Clara de Assis


 Allisson Hamilton é uma produtora de moda que ama o seu trabalho. Nada além de crescer profissionalmente e ser reconhecida passa pela cabeça da garota. Seu foco está nisso, e ela trabalha com empenho. Até que... Um encontro desajeitado com seu vizinho de prédio, sério e boa pinta, e um esbarrão em uma menina rebelde de dez anos ameaça seus planos. E para completar, sua chefe lhe oferece uma proposta: Ela precisa apresentar sua filha á equipe da revista para qual trabalha. Mas ela não tem uma filha!


Então uma ideia louca surge na cabeça de Allison, e ela faz um acordo com Amy, que passa a ser sua "filha" mas ela não imaginaria que se afeiçoaria tanto à menina e ao pai dela. Algumas confusões aguardam a garota, mas ela não estará sozinha para resolver tudo...

O livro tem algumas reflexões: Como o bulling e relacionamento familiar. Allison é uma personagem esforçada, desastrada e de bom coração. Apesar de se vestir muito bem e ter um vasto conhecimento sobre moda, ela tem algumas inseguranças que remete ao passado e á sua família. Amy é arteira, mas também tem um bom coração, por isso ela e Allison se deram bem logo de cara. E o John é bem desconfiado, um pai ausente, mas faz tudo para proteger as mulheres da sua vida.

A autora trata dos fantasmas de cada personagem principal, porém faltou um pouco mais de conteúdo em alguns personagens secundários. E o número de pessoas ao redor da protagonista querendo derrubá-la foi excessivo, tardando um pouquinho a conclusão dos acontecimentos, mas nada que comprometa a trama.

Gostei do livro, a autora escreve bem, indico para quem gosta de histórias engraçadas, românticas e com algumas pitadas de reflexão. 

Você encontra o livro aqui : Tal Mãe, tal Filha - Clara de Assis

Por Michele Barreto

4 comentários:

  1. Parece ser ótimo, fiquei curiosa. Beijos
    Seguindo o blog
    http://encantosdasil.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, é bom sim Selena, leia.
      Bjs vou lá visitar o seu ;)

      Excluir
  2. Mi, querida, você retratou esse livro de maneira tão leve que me deu vontade de lê-lo. Me pareceu, pela sua resenha, que se trata de uma obra despretensiosa e de fácil leitura, daquele tipo pedido por um dia cansativo.
    Parabéns pela maneira como tem transmitido suas experiências literárias.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, estou melhorando rsrs Sim, o tema é leve e promete algumas risadas. Obrigada amiga. Bjs

      Excluir