terça-feira, 16 de maio de 2017

Resenha do livro: A Prisão do Rei Série: A Rainha Vermelha Vol. 3 - Victoria Aveyard


Sinopse:

Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.



Ao ler o livro Espada de Vidro, de fato estava muito ansiosa pela continuação e confesso que fiquei frustada nos capítulos em que Mare estava aprisionada, uma intensa monotonia. Raros são os acontecimentos cruciais, mas a autora realmente não deixou dúvidas sobre a personalidade deturbada do rei Maven e sua obsessão por Mare.

Estava apreensiva com o desenvolvimento da história, pois percebi nestes primeiros capítulos que a autora transmitiu uma ideia de que o personagem era supervalorizado até mesmo em seus maiores defeitos. Não que isso seja um ponto fraco, mas convenhamos que ultimamente o vilão está se sobressaindo como o renegado, coitadinho e que precisa de atenção especial e aceitação enquanto o mocinho é um “água com açúcar”.

(E o que posso dizer dos relatos de Cameron “socorro” que garota mais insuportável!)

Mas a cereja no bolo realmente se deu quando Mare e Cal (meu lindo príncipe desprezado) enfim se reencontram e todas as nossas dúvidas são postas de lado com esse marco na história. A ação começa a se desenrolar mais a partir deste ponto e somos instigados a pensar em quem realmente está por trás do Comando, da Guarda Escarlate, ou desta guerra que está muito mais para sede de poder do que um grito de liberdade dos vermelhos e a destruição da monarquia prateada.

Sinto cheiro de coisa grande! (“ou Mare e sua desconfiança me contaminou” hahahaha)

Que Victoria nos surpreenda na próxima sequência e por favor não me decepcione pois estou com os dedos cruzados aqui torcendo por meu casal e ansiosa para saber se minhas especulações estão certas.



E que comessem os jogos! Façam suas apostas... rsrs

Por Danny Barreto

2 comentários:

  1. Ooi ainda não li o livro, e apesar das resenhas maravilhosas que venho lendo, o livro não me chamou a atenção :S
    beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br
    Face: Bella Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia tudo bem?
      Aprendi que ler alguns livros, muitas vezes depende do momento certo.
      Talvez daqui a algum tempo você se interesse e se surpreenda.
      Bem seja como for,se ler me conte como foi ok? :) bjs

      Excluir